15 setembro 2016

Testei: Linha Desmaia Cabelo - Houtrée Cosmétiques


Essa linha é desenvolvida para causar Alto impacto no cabelo, e reorganizar a estrutura capilar e seu diferencial é a ação instantânea nos fios , a linha é composta por 3 produtos, eu recebi dois deles o Shampoo e a mascara.
É um salvador já que proporciona reparação , resistência e elasticidade na hora, é um ótimo aliado para quem tem cabelos com progressivas, químicas e uso de chapinha,secador e babyliss.



O Shampoo é extremamente hidratante e eu o achei bem diferente por que ele é mais elástico digamos, parece uma goma e deixa o cabelo bem macio alem de dar brilho, seu cheiro lembra frutas e eu gostei muito .
Ele é sem sal e contem extrato de rosa do marrocos e monoi do Taiti que ajuda na reparação da fibra capilar. 

A Máscara não é tão firme o que na hora de espalhar o produto pelo cabelo, achei que ela cumpriu muito bem seu papel , eu observo as vezes que alguns produtos deixam os cabelos bem sedosos mas o aspecto é de ressecado , já a nutrição com essa mascara alem de deixar os fios macios , deixou também uniforme e com brilho, o que dá pra ver nitidamente assim que o cabelo seca.

 No geral gostei muito desses produtos, achei uma linha super boa e de fácil acesso para tratar nossas madeixas.
                                                         Site | Loja Virtual | Facebook Twitter | Blog 

14 setembro 2016

Testei: Linha Essential Hair Oil - Avora

A resenha de hoje é da linha Essential Hair Oil da Avora que estou testando e adorando, venho usando os produtos a mais ou menos 3 semanas, já testei quase todos e hoje vim trazer minha opinião para vocês.
São seis produtos formulados com óleo de macadâmia, cálamo e mirra ricos em ácidos graxos essenciais, vitaminas, proteínas, fito nutrientes, resinas e ômega 3, proporcionam nutrição, hidratação, maleabilidade, reestruturação das pontas duplas e brilho.
  • Shampoo:
A limpeza dele é suave, pra mim que gosto de sentir o cabelo "rangendo" de limpo não funciona na primeira lavagem, mas nada que uma segunda não resolva. O cheirinho é muito bom e não deixa o cabelo duro.

  • Condicionador:
Tem uma boa consistência, hidrata bem e deixa o cabelo molinho. É o tipo de condicionador que eu gosto, o cabelo desmaia assim que você passa e a sensação continua após o enxague.
  • Creme de pentear:
Como já disse outras vezes aqui no blog não sou fã de cremes de pentear, meu cabelo é grosso e a maioria dos cremes deixam ele pesado. Até gostei desse, aplico um pouco nas pontas quando o cabelo está quase seco e elas ficam com aspecto mais bonito, porém se passar um pouco mais de produto ele pesa.
  • Hidratação:
Meu produto favorito da linha, não é daquelas máscaras consistentes, mas cumpre seu dever direitinho. O cabelo fica muito macio, brilhoso e com cara de saudável, rende muito pois ela é molinha e um pouquinho já espalha em todo cabelo.
  • Óleo:
Esse óleo é bem fininho, não deixa o cabelo melecado nem pesado. O cheiro não é forte e deixa uma amacies e brilho incrível. Adorei usar ele misturado na máscara, potencializa o resultado da hidratação.
  • Ampola de tratamento:
Esse foi o único produto que ainda não testei, assim que testar trago a resenha dele para vocês. 
Espero que gostem da resenha, alguém já testou essa linha, me contem aqui nos comentários.

06 julho 2016

Guia da mamãe: Pomadas para assaduras nacionais!

Fato é... toda mamãe de primeira viagem fica super em dúvida na hora de escolher qual pomada para assaduras usar em seu bebê!

Eu sempre fui curiosa, então no começo cada hora eu comprava de uma! E aí vai um resumão das minhas opiniões.



1)HIPOGLÓS - A velha e renomada pomada usada na época das nossas mães que provavelmente a vovó vai insistir pra você passar no bebê quando aquela assadura mais forte aparecer! Concluí que Hipoglós entra na categoria ou ame, ou odeie!!! Eu sinceramente sou bem simpática a essa pomada e, apesar de concordar com o argumento de quem não gosta dela, de que ela é grudenta demais e difícil de limpar do bumbum, eu busco ver essa característica mais como uma qualidade...afinal, a intenção de uma boa pomada de proteção é permanecer no bumbum do bebê, protegendo-o...não??? A pomada tem um preço razoável sendo uma das mais baratas dentre as testadas considerando o tamanho do tubo, e faz o papel de proteger que lhe é esperado! Na hora de limpar, nada que um algodão com óleo mineral não resolva! Aliás, aprendi com uma enfermeira que, se ao passar o hipoglós você diluí-lo um pouquinho em óleo mineral, ele sairá bem facinho com o próprio lenço umedecido! E não é que funciona!? Assim, quando eu resolvo usar hipoglós, eu já deixo um potinho com a misturinha de hipoglós e óleo num potinho, e uso esse!

2)BEPANTOL - Uma das queridinhas dentre as nacionais que, ao meu ver,não merece tamanha admiração!Ela protege? Sim! No entanto, muitas vezes, só de colocar a fralda eu percebo que a pomada já "sumiu" todinha do bumbum do bebê e isso me dá uma impressão de que não está mais protegendo! hahaha Além do mais, acho o preço da danada bem salgadinho!
  
3) TURMA DA MÔNICA CREME DE ASSADURAS - Gosto muito da textura da pomada da turma da Mônica! Ela é bem emoliente, desliza com facilidade e protege bem! Além do mais, o tubinho tem um tamanho bom pra carregar na bolsa! Os pontos negativos são: assim como a Bepantol, assim que você veste a fralda a pomada já some! Além disso, nunca se consegue espremer a pomada toda do tubinho!!!

4) DOVE BABY - Tem textura e densidade semelhante as das pomadas Bepantol e turma da Mônica, ou seja, menos densa, menos grudenta, mais fácil e gostosa de aplicar e espalhar, mas também com menos aderência! A DOVE teve um cuidado especial com a embalagem da pomada, assim como com todos os produtos da linha! Todo mundo sabe que, na hora de trocar a fralda, quando o baby já está maiorzinho e rolando pra lá e pra cá, é preciso dar alguma coisa pro pequeno se distrair! Aqui em casa muitas vezes eu dou a pomada, pois é o que está mais próximo! Pensando nisso, a Dove arredondou os cantinhos da embalagem pois sabe que muitos bebês brincam com o produto, evitando assim que as quinas arranhem os bebês ou pior, batam no olhinho! 


5) DERMODEX PREVENT - Nada contra, nada a favor! Só compro mesmo quando o preço está bem mais em conta porque além de não ter nada de extraordinário, ainda acho a embalagem feia! hahaha


6) DERMODEX TRATAMENTO - Dizem que na hora que o bicho pega mesmo, só ela pra dar jeito! Luiza só teve uma assadura mais preocupante uma vez na vida, quando os primeiros dentinhos nasceram e ele teve aquela diarréia brava. Eu usei! Ajudou sim!!! Mas dizer que foi mágica, não foi! 

7) NISTATINA + OXIDO DE ZINCO (genérica da Dermodex Tratamento) - Na minha humilde opinião, IGUALZINHA a dermodex tratamento!

Bom meninas... essas opiniões são minhas! Vale a pena cada uma testar os produtos e definir aqueles que mais te atendem! 

Além disso, existem várias outras pomadas no mercado que ouço maravilhas e ainda quero testar! Assim que eu o fizer venho aqui e faço um update no post! Entre elas estão: Pomada Fischer Price, Cetrilan, pomada da Granado, Pomada da Weleda, Turma da xuxinha, Nivea Baby e por aí vai!!!

14 junho 2016

Na cozinha: Torta de frango com catupiry.

Meu marido ama torta de frango e quando vi essa receita sabia que ele ia gostar, foi dito e feito, ele amou e sempre me pede para fazer para ele.
Essa da foto eu fiz esse domingo para o jantar de dia dos namorados e ganhei muitos ponto com o boy. 





Como fiz na presa (ninguém para ajudar com o baby --') esqueci de fotografar o passo a passo, mas vou deixar tudo explicadinho aqui para vocês.

Ingredientes
-----------------------------------------------------------------------------------------

Massa:

480 g (4 xícaras) de farinha de trigo
200 g de manteiga com sal gelada cortada em cubos
1 colher (chá) de sal
1 lata de creme de leite com soro

Recheio:

1 kg de frango cozido e desfiado 
2 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada em cubos pequenos
2 tomates picados sem sementes
3 dentes de alho picados
300 gramas de catupiry
120 ml (1/2 xícara) de leite
Sal e pimenta a gosto

Preparo
-----------------------------------------------------------------------------------------

Massa

Em uma vasilha coloque a farinha de trigo e o sal. Junte a manteiga e com a ponta dos dedos misture-a na farinha, formando uma espécie de farofa úmida. Junte o creme de leite e misture tudo até ficar homogêneo. Deixe descansar na geladeira (se o lugar que você mora for frio, pode deixar fora), enquanto prepara o recheio.

Recheio:

Aqueça o azeite em uma panela. Junte a cebola e refogue até começar a dourar. Junte o alho e refogue rápido, por cerca de 1 minuto. Adicione o frango, o tomate, o catupiry e o leite, misturando tudo muito bem.
Deixe cozinhar mais um pouco até que tudo esteja bem cremoso e misturado. Tempere com sal e pimenta a gosto e desligue.

Montagem:

Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Abra metade da massa com a ajuda de um rolo (se não tiver uma garrafa super serve) enfarinhando a superfície para que ela não grude. Vá girando a massa entre cada vez que abrir um pouco, assim ela vai ficando arredondada. Coloque em uma forma, de preferência de fundo falso, coloque todo o recheio e cubra com o restante da massa. Decore do jeito que quiser, eu fiz corações com as rebarbas da massa, depois é só pincelar uma gema e levar ao forno por cerca de 40 minutos ou até que esteja bem dourada.

Fica uma delícia e rende em média 10 fatias.




12 outubro 2015

Minha saga com a amamentação!

Hoje venho compartilhar com vocês minha saga com a amamentação, sei que a maioria das mães de primeira viajem tem muitas dúvidas então vim compartilhar minha experiência e espero ajudar vocês. 

Ainda na maternidade minha filha já precisou de complemento, pois eu não tinha nem leite nem colostro, o pediatra conversou comigo e disse que seria necessário até meu leite chegar. 

Meu leite "desceu" 5 dias após o parto, retirei o complemento e iniciei a amamentação, na primeira consulta com o pediatra (7 dias após o parto) ela tinha perdido peso, o que é normal segundo os médicos, fui orientada a manter a amamentação exclusiva, e foi ai que minha luta começou.

Estava amamentando de duas em duas horas de início, mas minha filha estava super agitada e chorando bastante, então passei a amamentar sempre que ela ficava assim. Ela nunca dormia mais de 20 minutos seguidos e eu estava exausta e desesperada sem saber o que ela tinha, achava que era cólica ou algum outro tipo de incomodo. 
Nunca passou pela minha cabeça que era fome, pois meus seios ficavam inchados e duros nos intervalos das mamadas, na minha cabeça era muito leite que causava isso.

Sempre que colocava ela no peito era um sacrifício, machucava bastante e ela sugava com muita força até que dormia. Com quinze dias seguidos de amamentação eu já não aguentava mais a dor e resolvi procurar ajuda com especialistas em amamentação.

Fui até a UNIAME atrás de orientação, lá descobri que produzia pouquíssimo leite, que a pega estava errada e que minha filha não estava ganhando peso, por isso teria que complementar.
Após seguir todas as dicas  e começar com o complemento ela começou a ganhar peso e a dormir bem, até hoje tem noites que ela dorme até 6h seguidas.

Quando me falaram que iria ter que complementar fiquei muito triste e desapontada por não produzir a quantidade de leite que minha filha precisava, acredita que tinha feito algo errado durante a gravidez. Para piorar tive que fazer uma cirurgia de vesícula de emergência e passar sete dias internada, mesmo usando a bombinha para estimular meu leite que já era pouco diminuiu bastante. Ainda sim até hoje dou peito várias vezes por dia antes de cada mamadeira.

O que aprendi é que não podemos controlar a amamentação e que não é o fim do mundo se seu filho precisa de complemento, o importante é mãe e bebê estarem saudáveis e em harmonia. E que você não é menos mãe que nenhuma outra, e o laço com seu filho será o mesmo, o que vale é o amor que sentimos por eles.

Se vocês assim como eu passam por esse tipo problema aconselho procuram centros de apoio a amamentação e não desistirem, mesmo que seu leite seja pouco ele é muito importante para o seu bebê.



 

09 outubro 2015

Top 5: Cinco produtos/itens para bebê que mais usei no 1º mês.

Hoje vim trazer para vocês um Top 5 com os produtos que mais usei esse mês com a Luiza, são três produtos que gostei de usar e dois itens que tem me ajudado muuito na hora de amamentar, vamos lá... 

- Sabonete líquido corpo e cabeça Johnson's Baby recém-nascido.

O pediatra neonatal me falou para não usar nada além de sabonete líquido na Luiza até os três meses pois a pele do bebê é muito sensível, como ganhei dois  na maternidade resolvi usá-lo e adorei.
O cheirinho é bem suave e gostoso, não deu nenhum tipo de alergia e para agradar mais ainda a mamãe rende bastante. Sério, desde  o primeiro banho em casa até hoje (quase dois meses) e ainda não acabou o primeiro.


- Fraldas Pampers Total Confort.

Como já havia falado para vocês não fiz chá de fralda, ganhei alguns pacotes da família e na minha "inocência" achava que eram suficiente para pelo menos uns dois/três meses. Mas gente como acabam rápido, vou fazer um post só sobre fraldas por aqui, aguardem.
Voltando ao assunto, de todas as marcas que testei (não foram muitas) gostei mais dessa, ela segura bem o xixi e deixa minha bebê sequinha e confortável a noite toda.


- Creme preventivo de assaduras Bepantol Baby.

Já testei outras marcas e até agora esse é o meu favorito pelo custo/benefício, ele não tem cheiro forte, não é caro e o que mais me agrada não é difícil de remover, odeio aquelas pomadas que grudam na pele do bebê e dão o maior trabalho para tirar.


- Mamadeiras anti-cólicas Philips Avent.

Já contei no Instagram minha saga com a amamentação, não produzo muito leite, tive que fazer umas cirurgia de emergência e tomar medicações fortes, enfim conto mais em outro post.
Tive que introduzir a mamadeira ainda nos primeiros dias de vida da minha filha, a mamadeira que escolhi foi a da Philips Avent, pois vi a Flávia Calina falando sobre elas em um vídeo. Gostei muito dessas mamadeira, a Luiza pegou super bem o bico e até hoje não teve cólicas (não sei se é por conta da mamadeira, mas acredito que sim) e não recusou o bico. 


- Almofada para amamentação.

Quando estava fazendo o enxoval a primeira coisa que procurei foi a Almofada para amamentação, não tinha muita ideia de como usar e se iria usar, para minha surpresa uso o tempo todo. Ela me ajuda muito tanto na hora de dar de mamar no peito quanto na mamadeira, o bebê fica bem apoiado e ajuda na postura da mamãe. Além disso uso também na hora da soneca, uso como um travesseiro e ela adora.

Esse foi meu Top 5 do 1º mês, pretendo fazer um todo mês mostrando os produtos que mais gostei e me ajudaram com minha princesa. 

Quero conhecer os favoritos de vocês, deixem aqui nos comentários.

Beijoos!

02 outubro 2015

Relato do meu parto cesárea.

Hoje vou relatar pra vocês do modo mais detalhado possível como foi o meu parto, pois quando grávida adorava saber os detalhes, vamos lá...

O meu desejo era ter parto normal, já estava preparada e a espera do trabalho de parto, porém, na minha ultrassonografia de 37 semanas descobrimos que minha bebê estava laçada e muito grande para a idade gestacional. Minha médica então me disse que não aconselhava o parto normal e pediu mais uma ultrassom para confirmar, depois da confirmação ela decidiu que não podíamos esperar muito e marcou minha cesárea para a semana seguinte.

Foi um corre corre, tentando organizar tudo que faltava que nem tive tempo de me preparar psicologicamente para o parto, então no dia 12 de agosto de 2015 com 37 semanas e 9 dias me internei no Hospital Santa Joana para ter minha filha, foi tudo tão corrido, devido a problemas com o plano de saúde só consegui me internar as 17:30 e as 18h já fui para a sala de parto. 
Como falei ainda não tinha tido tempo para cair a ficha, só quando já estava sentada na mesa de cirurgia que cai na real e desabei no choro, foi uma mistura de ansiedade e medo que nem sei explicar.

Passado o chororô veio a anestesista aplicar a rack, para mim o pior momento do parto, não conseguiam acertar o lugar e eu levei OITO furadas muito dolorosas até que me deitaram em posição de C e conseguiram finalmente aplicar. Enfim, a partir daí tudo passou muito rápido, quando dei por mim já podia ouvir o chorinho e ver o rostinho da minha princesa, foi o momento mais emocionante da minha vida e do Eduardo (meu marido que assistiu o parto).
 
Depois que levaram a Luiza para o berçário deram continuidade a cirurgia, demorou uma eternidade para terminar, tive hemorragia e minha pressão caiu muito, por um instante achei que iria morrer, nesse momento eu só pensava na rostinho minha filha. No final graças a Deus tudo deu certo e hoje estou aqui contando a minha história para vocês!

Agora chega de blá blá blá e vamos as fotos. 




 Luiza veio ao mundo em uma quarta-feira 12/08/15 ás 19:12, pesando 3.990kg e medindo 49cm.