Bio-Oil: Um super aliado para as futuras mamães.



Desde que descobri que estava grávida uma das minhas preocupações são as temidas estrias e marcas causadas pela gravidez, como não tenho o costume de passar hidratantes regularmente (dá preguiça só de pensar) a minha dermatologista me indicou usar o Bio-Oil, um óleo que cuida da pele do rosto e do corpo, prometendo atenuar cicatrizes e estrias, melhoras tons desiguais, diminuir os sinais da idade e, principalmente, vencer a desidratação. Ou seja, um milagre em potinho!



Alguns dos ingredientes são vitaminas A & E, óleos de Calêndula, Lavanda, Alecrim e Camomila. Pode ser aplicado no rosto, corpo, por não ser gorduroso e é indicado pra todos os tipos de pele. Dentro da caixa além do produto vem um folheto explicativo, indicando como usar o Bio-Oil para os diferentes problemas de pele que ele é indicado. 


Estou usando no rosto e corpo religiosamente todo dia antes de dormir, o indicado é usar duas vezes ao dia, mas não consigo usá-lo pela manhã pois não gosto da sensação de pele melecada. O de 60ml custou R$29,90, e em quase um mês de uso já vi alguns resultados. 

Em relação a estrias não notei muita coisa, a textura da pele deu uma melhorada, mas nada extraordinário. De acordo com o fabricante os resultados começam a aparecer após três meses de uso continuo, vou seguir usando e qualquer mudança faço um update para vocês.

Já no rosto o resultado foi melhor do que o esperado, diminuiu bastante a vermelhidão, deu uma clareada em algumas manchinhas e até as olheira diminuíram. Não esperava tudo isso do produto, confesso que estou bem feliz com as primeiras impressões. 

Por não ser um produto caro vale a pena testar, e se cumprir com o que promete vai virar um queridinho para vida toda.

Me contem o que vocês usam ou usaram para prevenir esses "probleminhas" na gravidez, toda dica é bem vinda.

Beijão :*


Share:

1 comentários

  1. Mesmo não estando gravida irei procurar esse produto, me encheu os olhos, rs Adorei a indicação. Beijo mamãe :*

    http://www.isadoramonteiro.com.br/2015/01/texto-entrevista-gravidez-na.html

    ResponderExcluir